Flamini corta própria camisa e cria polêmica nos vestiários

Nesta semana, o meia Flamini cortou suas mangas e causou uma confusão no elenco do Arsenal. Vindo do Milan para os gunners nesta temporada, o jogador francês quebrou uma regra interna da equipe. Segundo ela, todos os atletas devem seguir o que o capitão escolhe como vestimenta.

No caso,  Mertesacker optou por utilizar, na partida contra o Olympique de Marselha pela Liga dos Campeões (vencida por 2×0), uma camisa de mangas compridas. O que foi recusado por Flamini e causou toda essa polêmica.

flamini

Esta não foi a primeira vez que o jogador descumpriu a regra do grupo. Na partida contra o Manchester United, válida pelo Campeonato Inglês (1×0 para os Red Devils), o meia já havia ‘personalizado’ a própria camisa.

Apesar do ambiente saudável que o Arsenal vive, principalmente pela ótima campanha na Premier League até agora, o técnico Arsene Wenger disse que Flamini não terá mais essa liberdade e não permitirá que o atleta faça isso novamente.

► Compre a camisa do Arsenal e muitas outras camisas de times ingleses na Fut Fanatics

Pra você, quem está certo ou errado nessa história?